10 perguntas que deverá fazer a si mesmo para definir a sua marca digital

Os clientes atuais cresceram na era dos telemóveis, das redes sociais e das aplicações que lhes permitem fazer o que querem e quando querem. A velocidade com que os clientes têm acesso à informação permitiu-lhes uma maior eficiência e muitas mais opções na hora de decidir com e onde comprar, mas ao mesmo tempo fez com que seja incrivelmente difícil para si, como marca ou empresa, destacar-se e conectar-se com clientes. Por essa razão, sugerimos-lhe que comece com uma boa autoauditoria do seu negócio.

Na Internet, você tem apenas alguns segundos para causar uma boa primeira impressão. A sua proposta de valor é única, concisa e relevante?

É muito importante entender quem você é como marca e deverá ser capaz de articular num curto espaço de tempo através de palavras, imagens, etc.. 

Quer tenha tido anos para pensar nisso ou esteja apenas a começar, dar a si próprio algum tempo para pensar a sua marca﹣como funciona, como evoluiu e se necessita de ser atualizada﹣é um exercício que deveria fazer.

Aqui estão 10 boas perguntas que deverá fazer a si próprio para o ajudar a pensar a sua marca e se está a defini-la eficazmente. 

Por isso, pergunte-se…

  • O que faz a sua empresa em 30 segundos ou menos?
  • Que problema resolve?
  • Quais são os seus três principais concorrentes? O que gosta e o que não gosta das suas marcas?
  • O que tem a sua história ou o seu produto que o distingue dos seus concorrentes?
  • Existe uma história única por detrás do seu negócio ou uma razão pela qual o criou?
  • Quais são as 5 palavras que descrevem melhor o seu negócio ou produto?
  • Quais são as 5 palavras ou adjetivos que NÃO se ajustam ao seu negócio?
  • Como quer que as pessoas se sintam quando o veem ou ouvem falar de si?
  • Falta alguma coisa nas suas redes sociais ou nano seu site?
  • Necessita de atualizar alguma delas?

Pense nestas perguntas e responda às mesmas com detalhe. Leve o seu tempo. Quanto mais concreta for a sua marca (coerência na seleção de fotografias, design, cor, escolha de palavras e exemplos do seu trabalho), mais fácil será a comunicação com os clientes.

Depois de terminar este exercício, coloque em prática o que aprendeu. Reveja a biografia, descrição e fotos do seu portefólio online, das suas redes sociais (Facebook e Instagram), do site e de qualquer outro canal digital relevante para se certificar de que tudo está alinhado. 

Depois de ter revisto e respondido a estas perguntas, será capaz de comunicar melhor quem você é (e quem não é) aos clientes!

Siga-nos

10 perguntas que deverá fazer a si mesmo para definir a sua marca digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Voltar ao topo