“Marketing Tutorial”

Descrever a sua oferta nos canais digitais, exaltando os seus êxitos e a qualidade dos seus produtos e serviços, não é suficiente para vender mais. Atualmente, os produtos e serviços têm de cumprir 4 condições:

  • Ajudar os clientes no seu objetivo
  • Resolver um problema
  • Gerir um risco
  • Satisfazer um desejo

Criar conteúdos para os inserir numa estratégia digital é um bom ponto de partida, porque permite que as pessoas o conheçam e se tornem potenciais clientes. Têm de ser atrativos e fazer com que as pessoas o vejam como uma resposta às suas exigências.

Você tem um objetivo: conseguir os dados de contacto (e-mail e número de telefone) para depois geri-los de forma comercial. Isto funciona em qualquer outra plataforma online onde esteja presente.

A pergunta de um milhão de euros: Que conteúdos escolher?

O tutorial é a ferramenta perfeita para as empresas, que foi criada para ajudar os clientes a resolver um problema ou uma dúvida, alcançar um objetivo ou obter informações úteis. As palavras-chave são: simplicidade e praticidade. Um tutorial não é um simples guia online, é um conteúdo estratégico muito poderoso por pelo menos duas razões:

  • Oferece uma solução para as exigências reais dos clientes que procuram informação, ou seja, faz com que o encontrem quando precisam de si. Deteta uma necessidade real e responde a esta pergunta: por que é que os clientes precisam de mim?
  • Ajuda as empresas a entenderem aquilo em que são especialistas e de que forma podem representar uma ajuda valiosa para os clientes.

Agora que já compreendemos a importância dos tutoriais, temos de aprender a incluí-los na estratégia de comunicação. Vamos seguir estes passos:

 

  1. 1. Objetivo do tutorial e processo de compra dos clientes;
  2. 2. Finalidade do tutorial e plataformas de promoção de vídeos;
  3. 3. Objetivos e tipos de tutoriais.

O processo de compra dos clientes

Ao planearem, os clientes movem-se por diferentes canais online e offline, e definem uma rota chamada client journey. A sua empresa tem de estar presente nestes canais e oferecer conteúdos úteis e relevantes para eles, de acordo com o que eles procuram.

Cada cliente cumpre um processo com várias fases. Cada fase tem um objetivo específico que a sua comunicação tem de cumprir através da presença em vários canais: redes sociais, website, blog. Um tutorial irá ajudá-lo a alcançar estes objetivos:

  • Conhecimento – trata-se do conhecimento da sua empresa. Um tutorial pode representar um primeiro ponto de contacto entre si e os clientes que procuram uma solução para um problema e encontram os seus conteúdos;
  • Consideração – quando os clientes contactam a sua empresa, terá de ganhar a sua confiança e fazê-los entender que você é a solução para realizarem o seu desejo mais importante. Nesta fase do processo de compra, o tutorial aumenta a sua fiabilidade e faz com que os clientes o percebam como um especialista no setor, que tenham interesse na sua marca e nos seus produtos, e que acabem por contratá-lo.

Finalidade do tutorial e das plataformas de promoção de vídeos

Inspirar, educar e entreter. Estes são os três objetivos dos seus tutoriais. Este conteúdo tem de atrair aqueles que ainda não conhecem o seu mundo digital e convencê-los a deixar-lhe os seus dados de contacto, que depois irá gerir com um sistema de marketing e vendas. 

Objetivos e tipos de tutoriais

Existem 3 tipos de tutoriais:

  • Tutorial informativo: é o famoso “How to”: como encontrar uma solução para um problema online. Nasceu com o objetivo de criar awareness, ou seja, chegar aos clientes no momento em que estão a utilizar a Internet para conhecerem os fornecedores do produto / serviço, para procurarem informação, e para se entreterem nas redes sociais.
  • Tutorial trigger ou relacional: o seu objetivo é manter uma relação com os clientes após o primeiro contacto ou depois de ter conseguido os seus dados de contacto. Este conteúdo é importante, porque permite aos clientes passarem à fase seguinte do processo de venda e aproximarem-se do momento da compra. Os tutoriais em vídeo relacionais servem para preparar o usuário para conhecer a sua marca e para que se sinta motivado para a efetivar a compra.
  • Tutorial de venda: um tutorial pode ser útil para rentabilizar os seus conteúdos. Neste caso, o objetivo é diferente: com este conteúdo não se tenta informar ou inspirar os clientes, mas sim recuperar o tempo e as despesas relacionadas com a sua criação. Se decidir vender os seus tutoriais, tente responder primeiro a esta pergunta: Por que é que os clientes deveriam pagar-me?

 

Para terminar se não sabe por onde começar para fazer um tutorial em vídeo saiba que na PLAY temos todas as condições técnicas e de experiência para vos ajudar

Siga-nos

“Marketing Tutorial”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Voltar ao topo